Ao investir em criptomoedas, a primeira coisa que vem à mente do futuro investidor é a famosa bitcoin. Além disso, pensamos em como analisar gráficos da maneira correta, entendendo toda a volatilidade e todos os picos que o preço do ativo pode atingir.

Entre as diversas criptomoedas existentes hoje, o bitcoin é com certeza a mais antiga e mais valiosa entre todas. Criada em 2008 por Satoshi Nakamoto, pseudônimo desconhecido até o dia de hoje, essa moeda se tornou referência mundial por sua segurança.

O bitcoin também independente de qualquer tipo de governo para seu funcionamento. Com o passar do tempo, no entanto, diversos analistas de dados passaram a criar diversas estratégias e gráficos que poderiam ser utilizados durante uma operação. Dessa forma, Über Holger, após muito estudo e dedicação, encontrou alguns padrões dentro do preço do bitcoin, e decidiu criar um gráfico para analisá-lo. Nascia assim o Bitcoin Rainbow Chart, ou como é chamado em português, o Gráfico Arco-Íris do Bitcoin.

Cuidado ao usar o gráfico arco-íris

O Gráfico Arco-Íris não deve ser considerado como um conselho de investimento, já que mostra desempenhos passados, não sendo um indicador de um futuro próximo.

Como o próprio site da plataforma diz, mesmo as faixas de cores que estão dentro do diagrama estão em uma disposição arbitrária e sem base científica alguma, sendo apenas uma forma divertida de observar preços ao longo prazo, ou seja, o gráfico arco-íris só estará correto até que se prove o contrário.

No entanto, desde quando o gráfico arco-íris surgiu como plataforma de análise de criptomoedas, em meados de 2014, os valores sempre estiveram dentro da escala logarítmica sinalizada pelo desenho.

Devemos destacar também o fato de que o gráfico arco-íris foi baseado a partir da regressão logarítmica originalmente feita pelo usuário trololo, do conhecido fórum “Bitcoin Talk”, também no ano de 2014. Todas as referências e antigos formatos do diagrama estão disponíveis na página oficial da Block Chain.

Qual o significado de cada uma das cores?

De fato, o gráfico arco-íris segue exatamente as mesmas cores do fenômeno óptico conhecido mundialmente, e cada uma delas tem um significado diferente quando colocadas na análise do preço das criptomoedas. Através dessas cores, o investidor pode verificar as melhores maneiras de entrar na operação de criptomoedas comprando um ativo, ou o momento exato de efetuar a venda e conseguir um bom lucro ao final do procedimento

Vale ressaltar, que a criptomoeda Ethereum também conta com um gráfico arco-íris, que surgiu em 2015, e tem funções muito aproximadas ao diagrama original feito para bitcoins.  

Entendendo as cores

Como analisar o gráfico com as cores e saber se o bitcoin chegará em seu pico

Segundo análise do especialista em criptomoedas, Bruno Pamplona, o bitcoin atingiu a faixa vermelha do arco-íris, o território máximo da alta de preços da criptomoeda.

Em 2014, primeira vez que atingiu a faixa vermelha do arco-íris, o preço do bitcoin inclusive ultrapassou a bolha. Já em 2017, seu fim de ciclo mais recente, o valor da criptomoeda respeitou a linha final do gráfico por pouco mais de duas semanas.

Conteudo, desde dezembro de 2017, mesmo com o aumento dos preços, o bitcoin não chegou ao pico do arco-íris, avaliado atualmente em US$ 229 mil. Porém, Bruno Pamplona acredita que o bit coin não deve atingir o valor máximo tão cedo. Mas vale a pena ficar de olho em outras regiões, como o laranja escuro, ou o vermelho mais claro para facilitar as possibilidades de venda.

Em suma, esse é o significado do gráfico arco-íris e todo o seu funcionamento para auxiliar o investidor na análise dos preços dos bitcoins. No entanto, vale ressaltar que por não ser uma ciência exata, esse diagrama deve ser utilizado como indicador, e não como único ponto de análise.

O ideal é que o gráfico arco-íris seja um direcionamento, utilizando outras plataformas que auxiliem na análise antes de decidir iniciar os investimentos em bitcoins.

Gostou do conteúdo? Acesse nosso canal no YouTube para não perder nada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *